© 2018 por Bethel Jurisdicional de Santa Catarina. Orgulhosamente criado com Wix.com

História do Conselho Guardião Jurisdicional de Santa Catarina

O Conselho Guardião Jurisdicional de SC iniciou seus preparativos para instalação no dia 9 de junho de 2001 na cidade de Florianópolis, onde aconteceu uma reunião com o então Supremo Deputado Assistente Tio Marco Antonio Nunes.

 

Nesta reunião foi discutida a criação deste conselho e estiveram presentes os Betheis: 01 de Criciúma, 02 de Balneário Camboriú, 03 de Florianópolis, 04 Blumenau, 05 Chapecó, 07 Campos Novos, 08 Florianópolis, 09 Joinville, 10 Caçador, 11 Tubarão, e 12 Curitibanos. Além dos Bethéis de SC, duas representantes do Conselho Jurisdicional do Rio de Janeiro deram total apoio para a instalação deste Conselho.

 

Neste dia foi definido então o Conselho Guardião Jurisdicional de SC com a seguinte Nominata: Guardiã Jurisdicional Tia Ivanete Ungerich de Balneário Camboriú, Vice Guardiã tia Maria Gorete Mazon Sandrini de Blumenau, Guardião Associado Jurisdicional Tio Marco Antonio Nunes, Vice Guardião Associado Jurisdicional tio Volmar Garbelotto de Criciúma, Guardiã Secretaria Jurisdicional tia Lea M F. Dallanora de Campos Novos e Guardiã Tesoureira Jurisdicional tia Marta Aguiar de Florianópolis.

 

A primeira reunião anual do Conselho Jurisdicional aconteceu na cidade de Balneário Camboriú no dia 31 de Maio de 2002. No ano de 2017, o Conselho Jurisdicional de Santa Catarina completou 16 anos.

 

Estrutura do Conselho Guardião Jurisdicional

 

Guardiã Jurisdicional

Guardião Associado Jurisdicional

 

Vice Guardiã Jurisdicional

Vice Guardião Associado Jurisdicional

Guardiã Secretaria Jurisdicional

Guardiã Tesoureira Jurisdicional

Comitê de Finanças

Comitê de Promoção

 

Comitê de Relações Fraternais

 

Comitês opcionais

 

Comitê da Convenção/Encontro Jurisdicional

Comitê do Bethel Jurisdicional

 

Comitê do Concurso Miss Filha de Jó do Estado

Comitê de Treinamento

Comitê de Filantropia

Comitê de Esporte e Lazer

 

(Tio Reginaldo Aparecido Oliveira  e Tia Mara Oliveira, atuais Guardiões Jurisdicionais)